Como vender mais em ecommerce: guia rápido para acelerar o seu projeto de vendas online

Após o lançamento de um projeto de ecommerce a maior preocupação dos empreendedores e gestores é com a realização das vendas. Numa primeira fase o foco está na angariação de tráfego qualificado ao website, seguindo-se da conversão desses contactos e por fim da sua fidelização – a nossa estratégia de funil de “angariação, conversão e fidelização”.
Após o maior pico de crescimento das vendas, é normal verificar-se uma desaceleração dos resultados, o que frequentemente assusta quem está a desenvolver o seu negócio online.

Pela nossa experiência, quando um negócio atinge um volume de faturação na ordem dos 6 dígitos pode interromper o seu crescimento ou ter dificuldades em crescer. Para acelerar o seu projeto de ecommerce, deixamos-lhe 4 pontos essenciais aos quais deve dedicar a máxima atenção. O verdadeiro segredo no aumento das vendas, de uma forma sustentável a longo prazo, recai nestes 4 pontos: vender mais a cada um dos clientes, atrair mais clientes, aumentar o número efetivo de vendas e aumentar os clientes fidelizados.

1. Aumentar a fatura média: vender mais, em média, a cada um dos clientes.

Imagine que já possui um volume considerável de visitas à sua loja online, mas ao analisar os resultados identificou que um dos problemas – no que diz respeito a vendas – está no valor médio de cada encomenda. Neste caso deve desenvolver estratégias que efetivem o aumento do valor médio por cliente. Algo que pode ser simples de implementar e testar será a oferta de portes de envio acima de determinado valor ou uma oferta especial em encomendas acima de x valor.
Além das ofertas, a estrutura da loja ajuda ao aumento de conversões, tal como apresentação de produtos combinados ou produtos frequentemente comprados juntos.

2. Aumentar o número de clientes: atrair mais clientes à loja online, mantendo a taxa de conversão e fatura média.

Outro dos problemas fáceis de identificar na sua conta de Google Analytics é o volume de visitas mensais – excluindo a taxa de rejeição. Apenas quem não rejeita tem potencial de conversão, por esse motivo, sugerimos retirar estas visitas da sua análise. Se o seu volume de visitas for abaixo de 10.000 por mês e o seu produto não está posicionado como sendo um nicho de mercado, provavelmente terá menos visitas do que necessita para aumentar o seu negócio.
Neste caso, é fundamental aumentar o volume de visitas qualificadas. Invista em estratégias de marketing digital de angariação de visitas mas meça constantemente a taxa de rejeição para evitar investimentos sem retorno.

 

3. Aumentar a taxa de conversão: manter o volume de visitas mas aumentar o número de vendas.

Para aumentar a taxa de conversão necessita de aumentar o número de vendas da sua loja online, mantendo o número de visitas mensais. Esta é uma estratégia que deve ser apoiada por campanhas e ações especiais – tendo sempre em conta a sua margem – e ferramentas de marketing como marketing automation, por exemplo. Não se esqueça da rapidez de carregamento do website: é fundamental para uma boa conversão!

4. Aumentar o número de clientes fidelizados: vender com maior frequência a quem já nos compra.

Segundo o artigo “The value of keeping the right Customers”, da Business Harvard Review, o custo de aquisição de um novo cliente – dependendo dos estudos e da área de negócio – situa-se entre 5 a 25 vezes mais do que o custo de fidelização de um cliente. Ao analisar a sua base de dados de clientes vai conseguir identificar que 20% dos seus clientes efetuam 80% das compras e representam os seus clientes mais fidelizados. Poderá investir mais nestes em particular – com campanhas especiais ou programas de fidelização online – ou identificar potenciais clientes, com características semelhantes, os quais já tenham efetuado compras na sua loja online.

Implemente estas dicas no seu negócio e diga-nos quais foram os resultados!

Quer aprender mais sobre ecommerce? Conheça o nosso curso de lançamento de projetos de ecommerce.

Para completar a informação existente neste artigo, leia também  o nosso artigo sobre lançamento de projetos de ecommerce, com checklist incluída para download.